Linhas de ação

Território e Meio Ambiente

A pesca artesanal depende de modo direto, de ambientes preservados que garantam a reprodução e manutenção das espécies. No entanto, os ambientes onde a pesca artesanal é desenvolvida, são constantemente ameaçados com a expansão desenfreada do agro/hidronegócio, poluição industrial e turismo predatório com graves danos: poluição, desmatamento, assoreamento e  expulsão.

As populações tradicionais são as verdadeiras guardiãs da biodiversidade e as comunidades pesqueiras não fogem a regra. Por esse motivo, o CPP atua solidariamente, junto às comunidades pesqueiras na luta pela permanência e pelo reconhecimento dos seus territórios tradicionais. A Campanha pela Regularização do Território Pesqueiro é um dos exemplos disso.

Confira logo abaixo, algumas das notícias publicadas, relacionadas a essa temática!

 

Conteúdo relacionado

Manifestação de pescadores contra dragagem em Suape
Profissionais da pesca artesanal protestam contra obras de dragagem no Porto de Suape que provocam danos ao meio ambiente e prejuízo à atividade pesqueira.
 
Comunidade de Canabrava

Juiz manda instaurar inquérito contra pescador e agentes do CPP, que podem ser investigados por participarem de ocupação de terras públicas da União

 

Campanha pelo Território Pesqueiro no MT
Josana no encontro da Via Campesina

Pescadora do MPP, Josana Serrão, participa da 7ª Conferência da Via Campesina e aponta a perda de território como um dos principais problemas enfrentados pelos campesinos e povos tradicionais de todo o mundo.

Angela Davis na UFBA