Linhas de ação

Grito tomará as ruas do país contra o desmonte do Brasil, em defesa da democracia e da vida
Corpo: A 25ª edição do Grito dos Excluídos foi lançada nesta terça-feira (03), na sede da CNBB em São Paulo. Com o lema “Esse sistema não vale lutamos por justiça, direitos e liberdade”, representantes de movimentos populares, entidades não-governamentais, das pastorais sociais e do clero da Igreja Católica apresentaram a pauta de reivindicações que estará nas ruas neste sábado, 7 de setembro.  A pescadora, ribeirinha e... leia mais
Teia dos Povos e Comunidades Tradicionais do Maranhão denuncia violações aos corpos-territórios em seu 12º encontro
Corpo:              Mergulhando nas águas sagradas do Território de Água Riquinha, em Paulino Neves, povos indígenas, quilombolas, quebradeiras de coco babaçu, ribeirinhos, pescadores artesanais, agricultores e agricultoras encontraram-se entre os dias 28 de agosto a 1 de setembro para partilhar suas sementes de luta e resistência, denunciando os impactos do agronegócio, grandes empreendimentos e as diversas formas de... leia mais
Em Alenquer (PA), pescadores e pescadoras artesanais estão construindo coletivamente lei municipal sobre a pesca
Corpo:                  Os pescadores e pescadoras artesanais do município de Alenquer, na região do Baixo Amazonas do Pará, iniciaram na última semana um processo de construção coletiva de um projeto de lei municipal sobre a pesca artesanal. O pontapé inicial foi dado no 1º Seminário de Discussão de Atualização dos Acordos e da Lei Municipal de Pesca, promovido pela Colônia de Pescadores de Alenquer e pela Prefeitura... leia mais
Paralisação ferrovia ES
'A política do pescador de fato é uma violência aos trabalhadores da pesca'
Corpo: “Um funil cruel que impede as pessoas de acessarem o seu direito”. Essa é a definição da Comissão Pastoral dos Pescadores (CPP) para a política do pescador de fato, proposta pela Fundação Renova, para cadastrar os pescadores atingidos pelo crime da Samarco/Vale-BHP, mas que ainda não foram incluídos nos programas de auxílio emergencial e de indenizações, por não disporem de toda a documentação exigida, como a... leia mais
Moradores do Cajueiro desocupam a Secretaria de Direitos Humanos do estado do Maranhão após 62 horas de manifestação
Corpo: Moradores do Cajueiro desocuparam na manhã dessa segunda-feira (26/08) a Sede da Secretaria de Direitos Humanos do estado do Maranhão, após 62 horas de ocupação. Na tarde da última sexta-feira (23/08), 14 pessoas  ocuparam o espaço para cobrarem um canal de negociações com o governo do estado, que desde o dia 12 de agosto iniciou o despejo da comunidade do Cajueiro  através de uma ação violenta de reintegração de... leia mais