Conflito socioambiental

Quilombo Gurupá 2

Localização

Margens do Rio Arari – Região do Marajó Cachoeira do Arari
Pará
Município(s) atingido(s): 

Cachoeira do Arari

Período: 
2008
População atingida: 

1200 famílias

Agentes causadores: 
Paulo Quartiero – vice-governador de Roraima (2016)
Tipo de Agentes causadores: 
Situação do conflito: 

Desmatamento; Cercamento de Terras e Lagoas Públicas; Expulsão de Famílias – Paulo Quartiero vem desmatando ilhas dentro dos Campos de Cachoeira. Ele chegou em 2008 na região e comprou essas terras, cercou tudo e os pescadores não conseguem mais passar para pescar nos lagos, de forma que a pesca está proibida nesta região. Com a retirada das matas, houve perda da biodiversidade (animais e plantas).

Os pescadores dependem dos lagos e do extrativismo principalmente do bacuri e açaí. Com a expulsão, os pescadores migraram para outros lagos, gerando mais conflitos entre os próprios pescadores com a disputa por espaços. As terras são drenadas para a produção do arroz com agrotóxico, que é lavado e jogado no rio e lagos, contaminando toda a biota dos rios.

Fonte: 

Relatório de Conflitos Socioambientais e Violações de Direitos Humanos em Comunidades Tradicionais Pesqueiras no Brasil. – Brasilia/DF. 2016. 104p. - ISBN 978-85-60917-56-3 | Conselho Pastoral dos Pescadores, Org.: Tomáz, Alzení de Freitas & Santos, Gilmar.

Acesse aqui!