Conflito socioambiental

Ilha de Maré

Localização

Ilha de Maré Salvador
Bahia
Município(s) atingido(s): 

Salvador (BA), Madre de Deus (BA)

Período: 
1980
População atingida: 

1500 famílias

Agentes causadores: 
Petrobras, Porto de Aratu
Tipo de Agentes causadores: 
Situação do conflito: 

Atividade Portuária; Indústria Petroquímica; Degradação Ambiental; Contaminação da População; Pesca com Bombas – os empreendimentos poluem o meio ambiente e causam mortandade de peixes e dos mariscos e atingem a saúde da população, causando doenças como o câncer. As árvores da ilha estão morrendo com a poluição da atmosfera e da água, assim como o manguezal. Com a chegada dos empreendimentos industriais e dos portos, iniciouse as práticas de prostituição de mulheres e crianças, assim como o consumo e o tráfico de drogas. Depois da chegada destes empreendimentos, observou-se uma insegurança muito grande nas comunidades da Ilha de Maré e o aumento da violência.

Grupos apoiadores e parceiros : 

MPP – Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais

AATR – Associação de Advogados de Trabalhadores Rurais da Bahia

CPP – Conselho Pastoral dos Pescadores

CDCN – Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado da Bahia

GEOGRAFAR/UFBA

MarSol/UFBA

Associação de pescadores/as das comunidades

Grupo de pesquisa em etnobiologia - UEFS

Grupo de pesquisa Mito - UFRB

Departamento de Ciências dos Alimentos - Escola de Nutrição/UFBA

Fonte: 

Relatório de Conflitos socioambientais e Violações de Direitos Humanos em Comunidades Tradicionais Pesqueiras no Brasil - ISBN 978-85-60917-56-3